Sabonete natural Lobo.jpg
sabonete natural tomilho.jpg

Sabonetes Naturais

com Água das Montanhas do Gerês

Tote Bag + T-shirt (1.site).jpg

NOVO

100% algodão

Cheias de Garra!

sabonete natural.jpg
sabonete natural lobo.jpg

Mel de Urze

Regenerador e antioxidante

Venho de longe, 

Muito longe,

Sem nome, sem terra,

Sem foice, sem pedra,

Os meus pés têm pó,

As minha mãos têm ar,

Os meus olhos têm água

De tanto te esperar...

 

A empresa LoBo do Gerês nasceu num dia de inverno, enquanto a neve adormecia a vida humana. Um lobo uivou no cimo da ladeira. Uma criança, sem medo, foi pela ladeira acima até ao início de tudo. Quando chegou perto, viu um lobo segurando umas plantas nos dentes. Aproximou-se dele e as plantas caíram aos seus pés.

 

Uma luz dourada e cintilante derramou segredos. A criança ficou maravilhada e carregada de espanto entrou num sonho de magia. O lobo fitou-a numa doce calma e alçou a montanha.

 

A pequena criança seguiu as suas pegadas até onde pôde…

 

 

Sou a água das montanhas do Gerês.

Sou bonita como a Pedra Bela.

Forte como as rochas da Calcedónia.

Suave e vibrante como as cores outonais na Mata da Albergaria.

Profunda e universal.

Tenho a sabedoria ancestral.

Percorro rios e ribeiras, montes e vales, cascatas e lagoas; e continuo a eterna viagem até aos céus, onde me transformo, para umas férias intergaláticas.

Adoro entranhar-me na Mãe Terra e alimentar toda a natureza. Encher os olhos de alegria, da minha gente e dos turistas, porque os purifico e os tornos mais fortes e saudáveis.

Maravilho-me com o bater do coração das árvores e o pulsar dos bichos e dos homens.

Há um bicho que sabe tudo sobre mim: o LoBo.

Só ele me conhece, só ele toma conta de mim.

Estamos juntos há milhares de anos, sabemos o que é preciso saber, e o universo protege-nos sempre.

 

Serra!

e qualquer coisa dentro de mim se acalma…

Qualquer coisa profunda e dolorida,

Traída,

Feita de terra

e alma.

 

Uma paz de falcão na sua altura

A medir as fronteiras:

Sob a garra dos pés a fraga dura,

E o bicho a picar estrelas verdadeiras.

(in Pátria de Miguel Torga)

  • Facebook
  • Instagram
  • Email
  • Telefone

© 2020 Lobo do Gerês